Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo

Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo
FMVZ-USP
Nomes anteriores Instituto de Veterinária (1919-1928)
Escola de Medicina Veterinária (1928-1934)[1]
Fundação 18 de dezembro de 1919 (102 anos)
Instituição mãe Universidade de São Paulo
Tipo de instituição pública
Localização São Paulo, SP,  Brasil
Diretor(a) Prof. Dr. José Soares Ferreira Neto
Vice-diretor(a) Profa. Dra. Denise Tabacchi Fantoni
Docentes 104[2]
Total de estudantes 1049
Graduação 440[3]
Pós-graduação 609[4]
Campus São Paulo
Pirassununga
Página oficial fmvz.usp.br

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ-USP) é uma instituição pública de ensino superior localizada em São Paulo.

Histórico

As origens da Faculdade de Medicina Veterinária encontram-se no ano de 1919, quando foi criado o Instituto de Veterinária (Lei Estadual nº 1695, de 18 de dezembro de 1919), que fazia parte da Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo; ministra-se curso em três séries, de um ano escolar cada uma. O referido Instituto transformou-se em Escola de Medicina Veterinária (Lei Estadual nº 2354, de 1928), cujo curso passou a ter duração de quatro anos, ficando subordinada à Diretoria de Instituto de Indústria Animal da Secretaria da Agricultura.

Em 1934, a Escola de Medicina Veterinária foi transferida para a Secretaria de Educação, retornando novamente à Secretaria da Agricultura ( Decreto Estadual nº 6809 de 5 de novembro de 1934). Posteriormente, o Governador Armando de Salles Oliveira resolveu extinguí-la (Decreto Estadual nº 8806 de 13 de novembro de 1934), para, como Faculdade, incorporá-la à Universidade de São Paulo. Finalmente foi criada a Faculdade de Medicina Veterinária (Decreto Estadual nº 6874 ,de 19 de dezembro de 1934 - modificado pelo de nº 7016, de 15 de março de 1935), passando a integrar a Universidade de São Paulo.

O primeiro Regulamento da Faculdade foi aprovado pelo Decreto Estadual de nº 7204 de 11 de junho de 1935, sendo seu primeiro Diretor o Senhor Professor Doutor Altino Augusto de Azevedo Antunes. Graduou a primeira turma de Médicos Veterinários em 1938, tendo, até a presente data, formado 59 turmas, totalizando 2.696 profissionais.

Em novembro de 1997 , o curso de graduação em Medicina Veterinára desta Faculdade foi avaliado pelo Ministério de Educação e Cultura através dos "Exames Nacionais de Cursos". A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP recebeu, nesta avaliação o nível "A" sendo, portanto, uma das 5 (cinco) possuidoras deste conceito no país.

Além disso, desde 1996, o curso de graduação recebe 5 estrelas pelo Guia do Estudante Abril.

Em 06/12/2017 recebe o Selo de Acreditação do CFMV com vigência até 05/12/2022[5].

Em 2019 completa 100 anos do oferecimento de seu curso de graduação considerando o inicio das atividades do Instituto de Veterinária[6]

Objetivos

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo tem por finalidade:

  • Formar e aperfeiçoar profissionais nos diversos ramos da Medicina Veterinária, através de cursos de graduação e de pós-graduação.
  • Realizar pesquisas científicas e tecnológicas de interesse para o desenvolvimento do país, na área de conhecimento da Medicina Veterinária.
  • Prestar colaboração científica a órgãos do serviço público, a empresas privadas e a centros científicos do país e do exterior.

Estrutura

A Faculdade atua em dois campi: um na cidade de São Paulo, localizada dentro da Cidade Universitária, e outro em Pirassununga. No campus de São Paulo é composto pelos departamentos de Cirurgia; Clínica Médica; Patologia e Reprodução Animal, além do Hospital Veterinário (que é aberto ao público externo da Universidade). Já no campus de Pirassununga atuam os departamentos de Nutrição e Produção Animal; Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal, junto com o Centro de Biotecnologia de Reprodução Animal e o Centro Experimental em Pesquisas Toxicológicas.

Além da significativa produção científica, a Faculdade também publica o Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science. A biblioteca da FMVZ, Virginie Buff D'Ápice, é um importante centro de consultas, contendo mais de 130 mil obras em seu acervo.

A Faculdade também dá grande valor as atividades culturais e de extensão universitária. No campus de São Paulo há o Museu de Anatomia Veterinária (com um importante acervo que envolve várias espécies de animais) e o Museu Histórico da Faculdade. Também há a promoção de cursos práticos profissionalizantes e de difusão. E não podemos deixar de lembrar das Feiras, tais como a Feira Internacional de Caprinos e Ovinos; a Feira Internacional de Gado de Corte e a Feira Internacional da Cadeia do Leite.

Referências

  1. «Histórico». Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo. Consultado em 15 de Outubro de 2014. Arquivado do original em 24 de outubro de 2014 
  2. «Anuário Estatístico - 2014». Sistemas USP. 2014. Consultado em 13 de março de 2017 
  3. «Anuário Estatístico - 2014». Sistemas USP. 2014. Consultado em 13 de março de 2017 
  4. «Anuário Estatístico - 2014». Sistemas USP. 2014. Consultado em 13 de março de 2017 
  5. CFMV, Ascom. «Cursos Acreditados». Acreditação dos Programas de Residência e Aprimoramento Profissional. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  6. «Criado há 100 anos, curso de Veterinária da USP vai além do cuidado com animais – Jornal da USP». jornal.usp.br. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  • v
  • d
  • e
Unidades de ensino,
pesquisa e extensão
Webysther 20160310 - Logo USP.svg
Institutos especializados
Hospitais
Institutos especializados da FMUSP
Centros e museus de arte,
cultura e ciência
Bibliotecas
Unidades auxiliares
Unidades complementares
e órgãos de extensão
Instituições vinculadas
e/ou associadas à USP
Fundações ligadas à USP
Laboratórios ligados à USP
Entidades estudantis
Eventos
Artigos relacionados